quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Alimentos Funcionais e Fermentados: vamos cuidar da nossa saúde?



A vida moderna, com a globalização e os avanços tecnológicos, modificou o padrão de vida das pessoas, tornando os seres humanos nitidamente mais sedentários e com uma alimentação muito pobre do ponto de vista nutricional. O acúmulo de atividades diárias e o aumento na disponibilidade de produtos rápidos e prontos para o consumo, conhecidos como fast-foods, foram alguns dos fatores da crescente incidência de doenças cardiovasculares, obesidade, dislipidemias e câncer, além de cansaço, depressão e estresse. No entanto vemos crescer o interesse das pessoas por produtos diet/light, orgânicos e funcionais, na busca de aliar praticidade e saúde.

Com o intuito de prevenir essas doenças, e com essa maior conscientização da população acerca dos perigos de uma vida sedentária e da má alimentação, a indústria alimentícia tem investido milhões em produtos para a promoção da saúde, como os funcionais. Os alimentos funcionais, por definição, são alimentos consumidos na forma de alimento comum, mas que trazem benefícios específicos para a saúde, como a prevenção de doenças e melhora do bem estar, graças à presença de ingredientes fisiologicamente saudáveis.

Os alimentos fermentados são uma gama importante do setor de alimentos funcionais. A exemplo disso, as vendas de um iogurte fermentado adicionado de bactérias (com o intuito de promover a melhora do funcionamento intestinal) da empresa líder mundial nesse segmento aumentam cerca de 40% ao ano.
O processo de fermentação de alimentos para preservá-los e torná-los mais nutritivos e digeríveis nos acompanha desde os tempos mais remotos e está presente em todos os povos e culturas. A população oriental consome soja e seus derivados, como os fermentados de soja, a mais de 2000 anos, e esse consumo é associado a menor incidência de certos tipos de câncer e a maior longevidade e qualidade de vida daquela população.


No Brasil, um fermentado em pó a base de soja, trigo e gérmen de trigo integrais e orgânicos denominado AferBio foi reconhecido por duas especialidades médicas, a ABRAN e a FBG, como alimento saudável e que traz benefícios para a saúde.

São muito importantes os estudos e investimentos feitos para aprimorar e criar novos alimentos voltados para a promoção da saúde. É importante ainda a conscientização da população sobre a alimentação saudável e a busca por opções que, além do valor nutricional, traz também benefícios fisiológicos ao organismo. Porém, deve-se sempre estar atento a confiabilidade desses produtos e às comprovações científicas dos benefícios alegados. E é sempre muito importante consultar regularmente um médico ou nutricionista, pois características individuais de cada pessoa devem ser levadas em conta no consumo de alimentos.

Autora: Nutricionista Drª Vanessa Gallo - Texto adaptado daqui

Por isso meninas (ok..meninos também) vamos cuidar da nossa saúde?
Como vocês cuidam da sua saúde e alimentação?
Fonte: Tina Up!