sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Conheça quatro hábitos que prejudicam a pele do rosto

Tabagismo e má alimentação causam manchas e envelhecimento precoce 

http://thumbs.dreamstime.com/thumblarge_498/1272036163Bh59VC.jpg

Hoje em dia, todos querem ter uma pele saudável, não é mesmo? A tarefa, entretanto, torna-se cada vez mais difícil com a exposição a inúmeros poluentes e devido à crescente agressividade dos raios UVA e UVB. Soma-se a isso, o estresse, o sedentarismo, a má alimentação e outros inúmeros hábitos prejudiciais à saúde física e mental do ser humano, tão característicos da atualidade.

Esses e outros hábitos, como o tabagismo, a falta de proteção solar e a desatenção a problemas de pele hereditários, como acne, podem ocasionar sérios problemas futuros. Embora pareçam inevitáveis, eles podem e devem ser prevenidos. Por isso, listo alguns hábitos prejudiciais a pele, principalmente do rosto, mostrando como se dá a interação com nosso organismo e seus efeitos finais.
O sol é uma grande dádiva para nós, mas tem que ser aproveitado com moderação e proteção, pois pode se tornar um vilão.
FumoA nicotina tem um efeito vasoconstritor e estimulador cerebral, então é como se a adrenalina estivesse a mil todos os dias, o que gera um estresse oxidativo ou a formação de radicais livres que participam diretamente da aceleração da degradação do colágeno. A vasoconstrição atrapalha a boa vascularização da pele e todos os órgãos, então é como se mantivéssemos a pele em constante regime de desnutrição e sem oxigênio adequado.
Efeito final: pele com pouco colágeno, meio opaca, sem viço e com má cicatrização.

Má alimentação
A má alimentação corrobora para uma oxidação mais intensa, pois acumula mais radicais livres, além de propiciar processos inflamatórios, acúmulo de líquidos e pigmentação da pele.
Efeito final: rugas mais precoces, maior tendência a ter manchas na pele, o que piora a qualidade da mesma com aparência mais grossa e oleosidade aumentada. Consumo de muito açúcar ou gordura também pode ser um fator de risco para a saúde.

SolO sol é uma grande dádiva para nós, mas tem que ser aproveitado com moderação e proteção, pois pode se tornar um vilão. O sol tem propriedades antiinflamatórias imediatas, mas também o efeito de engrossar a pele e estimular a pigmentação como defesa contra agressão da radiação. Além disso, ele causa uma ação de depressão da imunidade da pele local.
Efeito final: rugas mais precoces, manchas de todos os tipos, câncer de pele e aumento de incidência de doenças virais, como herpes.

Falta de limpeza e hidrataçãoA pele perde água para o ambiente todos os dias e acumula queratina, suor e bactérias nos poros. Se não houver uma limpeza bem feita, ela vai ficando mais grossa, com poros abertos e sem vida. A falta de limpeza e hidratação também promove o aparecimento de rugas mesmo em pessoas jovens.
Efeito final: pele com rugas finas distribuídas por todo o corpo, poros abertos e pele sem viço.