sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Frutas




 


Morangos, tangerinas, pêssegos, abacaxis… você já está com água na boca? Além de serem carregadas de fibras e vitaminas, as frutas têm sabor delicioso e quase não possuem gordura e sódio. E como a maioria das frutas pode ser ingerida in natura, o único truque para servir frutas deliciosas é ter certeza que elas estejam maduras, quando seu sabor e textura estão no auge.
Este artigo fala sobre fatos e dicas interessantes sobre as frutas que você provavelmente ingere todos os dias (como a banana) e aquelas que você pode nunca ter ouvido falar (como os melões da pérsia). Mas antes de falarmos especificamente sobre cada tipo de fruta, lembre-se das seguintes dicas:
  • sempre que possível, evite comprar frutas pré-embaladas; a embalagem pode disfarçar frutas estragadas;
  • para cortar as frutas, utilize facas de aço inoxidável; facas de aço carbono reagem com a fruta e causam descoloração;
  • para descascar facilmente as frutas de casca grossa, coloque-as em uma bacia, despeje água quente sobre elas e aguarde um minuto. Retire as frutas da bacia e descasque-as;
  • para evitar que a fruta descascada fique escurecida, coloque-a imersa em água com suco de meio limão.
Vamos iniciar com as dicas e informações com uma fruta familiar: a maçã.
Maçãs
Nada consegue superar as maçãs em adaptabilidade, disponibilidade, conteúdo nutricional e sabor. Coloque-as na geladeira para reduzir o processo de amadurecimento. Se não tiver espaço na sua geladeira, guarde-as em um local fresco, com uma toalha molhada sobre a vasilha para mantê-las úmidas, mas não molhadas. Não congele as maçãs ou elas irão estragar.
  • Para saber se uma maçã que ainda não foi colhida está madura, gire-a no sentido horário na haste. A maçã madura deverá soltar-se facilmente da árvore.
  • Se você tem uma macieira no seu jardim, para saber se estão maduras, você pode fazer um teste cortando uma delas ao meio e observar as sementes. A maçã madura terá sementes de cor marrom escura. A maçã que ainda não está madura, apresenta sementes de cor castanha ou brancas.
  • É melhor guardar as maçãs em um saco plástico ou em uma rede do que em sacos de papel. Assim você poderá ver quando uma delas estiver estragando e retirá-la antes que contamine as outras.
  • Para manter a crocância das fatias de maçã e para prevenir que fiquem escuras, mergulhe-as em água salgada por dez minutos antes de usá-las.
  • Para evitar que as maçãs murchem quando forem assadas, retire uma faixa horizontal da casca ao redor da metade de cada uma. Para evitar que enruguem enquanto assam, faça alguns talhos antes de levá-las ao forno.
Frutas vermelhas
Se a grande variedade de frutas vermelhas difere no sabor, elas são muito parecidas quando se trata de escolher e manusear. Quase todas as frutas de baga são frágeis e perecíveis. Escolha frutas firmes, mas não duras. Se estão cobertas com plástico, olhe o fundo. Se estão molhadas ou manchadas, provavelmente a maioria das frutas deve estar bolorenta ou esmagada. Se, quando você chegar em casa, descobrir uma ou duas bagas machucadas ou estragadas, jogue-as fora; o bolor espalha-se rapidamente entre as frutas.
Para manter as frutas de bagas em boas condições, não as lave até a hora de comê-las. Elas podem ser guardadas por alguns dias na geladeira dentro de uma peneira, que permite a circulação de ar ao redor das frutas ajudando a mantê-las frescas.
  • Amoras-pretas – crescem em árvores espinhosas e são extremamente frágeis. Além de serem usadas em tortas, as amoras combinam perfeitamente com outras frutas vermelhasem saladas de frutas. Transformadas em purê, peneiradas e combinadas com um pouco de açúcar, elas fazem uma excelente calda para sorvetes.
  • Mirtilos – podem ser silvestres ou comerciais. Os mirtilos silvestres são bem menores e mais saborosos do que os comerciais, mas estão disponíveis apenas em algumas partes dos Estados Unidos e se deterioram muito rapidamente. Procure frutos gordinhos, frescos, de boa coloração azul, com floração cerácea. No Brasil já são cultivadas (blueberries).
  • Amoras - frutas de bagas pequenas, azedas e vermelhas, são nativas da América do Norte. Geralmente são cozidas com um tipo de adoçante para torná-las comestíveis. Você irá adicionar menos açúcar ao cozinhar as amoras se adicionar 1/4 de colher de chá de bicarbonato de sódio à panela. Quando cozinhá-las, adicione uma colher de chá de manteiga para cada 1/2 kg de fruta para evitar que ferva demais e faça espuma. Elas estarão cozidas quando parecerem prontas para estourar. Se você cozinhá-las até estourarem, o sabor ficará amargo.
  • Framboesas – são extremamente perecíveis. Procure pelas que são gordinhas e têm aparência fresca e, após comprá-las, utilize-as assim que possível. Lave-as com cuidado pouco antes de usá-las. Para as receitas que pedem o suco separado das frutas congeladas, descongele as framboesas num coador colocado sobre uma tigela.
  • Morangos – vêm numa variedade muito grande. Embora alguns sejam grandes, de cor vermelho brilhante e de boa aparência, o sabor nem sempre condiz com a beleza destes morangos. Geralmente os menores têm sabor mais distinto e mais doce. Escolha as frutas frescas, limpas, de cor vermelho brilhante, com os cabinhos verdes. Os morangos devem ser mantidos na geladeira, com os cabinhos, até a hora de servir. Lave com cuidado um pouco antes de prepará-los e use-os em seguida. Tire o cabinho dos morangos somente após lavá-los, nunca antes, senão eles absorverão água e ficarão moles. Para espremer  os morangos, use um amassador de batatas.
Frutas cítricas
As frutas cítricas podem ser as mais suculentas e agradáveis ao paladar. Abaixo, você encontra dicas sobre como escolher e saborear algumas variedades mais comuns.

Limões e limas
Os limões e as limas raramente são utilizados para comer, mas são usados de várias maneiras: para dar sabor às bebidas e tortas e até aos vegetais, peixes e frango. O limão pode até evitar que algumas frutas cortadas (como as maçãs) escureçam. Os limões e as limas frescas são encontrados nos supermercados o ano todo e o suco engarrafado também é amplamente acessível.
  • Um limão de tamanho médio fornece cerca de 3 a 4 colheres de sopa de suco e de 1 a 2 colheres de chá de casca ralada.
  • Para ter os limões e limas mais saborosos e suculentos, escolha os que têm a casca mais lisa e pontos pequenos nas extremidades. Assim que chegar com eles em casa, coloque-os na geladeira, dentro de uma vasilha com água muito bem fechada. Isto faz com que eles dêem mais suco.
  • Para conseguir mais suco dos seus limões e limas, aqueça a fruta à temperatura ambiente. Role-os com a palma da sua mão sobre o balcão da cozinha antes de espremê-los.
  • Se você precisa de pouco suco, use um palito de dentes para fazer um buraco na lima ou no limão. Esprema a quantidade necessária, feche o buraco com o próprio palito de dentes e guarde a fruta na geladeira.
  • Para remover a pele em tiras, use um descascador de vegetais ou um ralador de limão. Remova apenas a parte colorida da pele. Primeiro raspe qualquer parte branca que tenha ficado na casca e esprema o suco.
  • As limas não devem ficar sob o sol para evitar que fiquem amarelas.
Laranjas
As laranjas existem em uma grande variedade de formas, tamanhos, cores e graus de doçura. As laranjas tipo bahia possuem um sabor ácido-adocicado e a casca grossa é fácil de descascar. Quando estiver escolhendo laranjas, não se deixe enganar pela intensidade da cor - muitas laranjas são tingidas para ficarem mais apetitosas. Procure por pontos marrons, eles são sinal de alta qualidade. Laranjas podem ser guardadas por até 2 semanas em temperatura ambiente.
Tangerinas
As tangerinas são ótimas quando têm muito suco. Quando escolher tangerinas, escolha as frutas pesadas, que é sinal de bastante suco. Elas podem parecer um tanto estufadas, o que é normal, porque a casca sai facilmente. As tangerinas frescas deterioram-se rapidamente, por isso manuseie-as com cuidado. Guarde-as em local frio e úmido e use-as rapidamente.
Uvas e passas
Uvas são plantadas no mundo todo, em lugares de clima quente. As mesmas uvas que são consumidas frescas são utilizadas para fazer vinho e passas. Escolha as uvas firmes e de cores intensas e guarde na geladeira imediatamente. Lave com água apenas na hora de consumi-las ou elas ficarão moles.
Passas – a maioria delas é feita das uvas Thompson sem sementes. Elas têm bastante açúcar e contêm bastante vitaminas e ferro. Quando incorporar as passas em uma massa, antes passe-as em um pouco de farinha de trigo. Isto evitará que elas grudem umas nas outras e que afundem na forma. As sobras das passas devem ser guardadas em um pote de vidro bem fechado ou em um saco plástico hermético.
Assim como as frutas de baga, os melões apresentam diferentes variedades.
Melões e melancias
Os melões são ótimos para serem comidos sozinhos ou em saladas de frutas. Escolha os pesados. Se você aproximar um melão dos ouvidos, sacudi-lo e escutar o suco e as sementes se mexendo lá dentro, ele está passado. Deixe os melões amadurecerem por alguns dias antes de refrigerá-lo. Para o máximo deleite, deixe os melões amadurecerem à temperatura ambiente.
  • O melão cantaloup deve estar bem formado, com uma área lisa, arredondada e afundada junto ao caule. Um aroma perfumado também é sinal de boa qualidade. Depois de comprá-los, deixe os melões cantaloup amadurecerem em temperatura ambiente por alguns dias.
  • melão crenshaw apresentam uma casca dourada mesclada com verde quando estão maduros. Eles podem ser lisos ou ligeiramente estriados. Procure pelos que são redondos na base e afunilados no sentido do cabo.
  • melão doce possui superfície lisa e casca amarela ou branca cremosa. Evite os melões-doces com casca branca grossa com toques de verde, porque estes devem estar verdes. Guarde-os em temperatura ambiente por alguns dias antes de servi-lo ou utilizá-lo em receitas.
  • O melão persa se parece com o melão cantaloup, mas a casca é verde coberta com um rendilhado amarelo pálido. À medida que ele amadurece, a casca se torna verde clara. A polpa do melão persa é grossa, de cor rosa-alaranjado. Mantenha o melão em temperatura ambiente por alguns dias antes de deliciar-se com seu delicado sabor.
  • Se você quiser levar uma melancia a um piquenique, embrulhe-a em um jornal ou num saco de juta assim que tirá-la da geladeira. Ela se manterá fresca até que você esteja pronto para comê-la.
Frutas com caroço
As frutas com caroço incluem tesouros deliciosos como as cerejas, os pêssegos e as azeitonas. Elas são normalmente chamadas de frutas com caroço porque a sua semente é muito grande e dura.
  • Os damascos normalmente são secos porque são muito frágeis quando já estão maduros na colheita e depois de colhidos não amadurecem mais. Se você tiver a sorte de encontrar damascos frescos no supermercado, procure pelos que são macios e suculentos.
  • As cerejas devem ser gordinhas, firmes e frescas. Devem ter cor brilhante, indo do amarelo, vermelho, vermelho escuro, marrom avermelhado, mogno ao preto. Evite comprar a fruta verde porque é dura, pequena, de cor clara ou muito macia e murcha. As cerejas frescas podem ser congeladas para serem utilizadas mais tarde. Simplesmente lave as frutas, remova os cabinhos, escorra bem e guarde-as num saco plástico. Elas poderão ficar congeladas por até um ano.
  • As tâmaras são normalmente vendidas secas, mas as frescas têm excelente sabor. Se você nunca experimentou, tente encontrá-las em uma loja de especialidades. Elas são grande fonte de vitaminas e são muito doces.
  • As nectarinas são o resultado do cruzamento entre a ameixa e o pêssego. Escolha a fruta lisa, gordinha, bastante colorida e livre de manchas. A casca amarela deve ser corada com vermelho. Evite as nectarinas duras e de má aparência. Elas devem amadurecer e ficar mais macias em temperatura ambiente. Nas receitas, podem ser substituídas por pêssegos.
  • As azeitonas, os frutos da oliveira, devem ser curtidas em salmoura para serem consumidas. O tamanho da azeitona não tem relação com o seu sabor. Algumas variedades pequenas são amargas, enquanto outras são totalmente suaves e o mesmo se aplica para as azeitonas grandes. As azeitonas verdes são colhidas quando ainda não estão totalmente maduras, e as pretas amadureceram no pé.
  • Os pêssegos enlatados são encontrados em todo lugar, mas os pêssegos frescos normalmente são encontrados de junho a setembro nos Estados Unidos. Escolha os gordinhos, bem formados, com uma cor dourada ou cremosa. O vermelho corado difere de uma variedade para outra e não é sinal do grau de maturação da fruta. Evite os pêssegos com toques de verde porque estes não irão amadurecer adequadamente. A maioria dos pêssegos é vendida antes de estar madura. Para amadurecê-los, guarde-os em temperatura ambiente em um saco de papel não muito fechado, até que eles cedam à pressão suave das mãos. Uma vez maduros, use imediatamente ou guarde na geladeira por alguns dias. Para descascá-los com facilidade para as tortas ou outras sobremesas, coloque-os em água fervente por 10 a 20 segundos, em seguida coloque-os sob água fria ou gelada.
  • As ameixas vêm em uma variedade de cores (roxo, azul, púrpura, verde e amarelo) e formatos. O sabor vai do azedo ao doce. Quando for escolher ameixas, escolha aquelas que têm uma cor boa. Elas devem ser bastante firmes, mas devem ceder sob a pressão suave do seu polegar. Em casa, deixe as ameixas em temperatura ambiente por alguns dias para que revelem seu sabor por completo; então coloque-as na geladeira e utilize-as o quanto antes. As ameixas também podem ser encontradas como frutas secas.
Frutas tropicais
Existe uma grande variedade de frutas tropicais de sabores exóticos e de cores fortes. Estas maravilhosas delícias incluem os cocos, as mangas e os abacaxis.
  • As bananas contém cerca de 5 colheres de chá de açúcar, quase 2 vezes a quantidade de muitos doces populares, mas uma banana média tem de 80 a 90 calorias porque possuem pouca gordura. Escolha bananas rechonchudas, que não estejam manchadas ou partidas. Selecione as bananas que ainda não estão completamente amarelas porque estarão firmes e sem manchas quando você as trouxer para casa (onde amadurecerão rapidamente em temperatura ambiente). Para apressar o amadurecimento das bananas verdes, coloque-as junto com bananas já maduras ou embrulhe-as em um pano úmido colocando-as dentro de um saco.
  • O coco, encontrado facilmente em pacotes, é melhor quando fresco. Quando escolher um coco, verifique se os três olhos moles da casca estão intactos, secos e sem mofo. Sacuda para ouvir se está cheio de líquido. Para liberar o leite, fure os olhos da casca e drene o líquido. O leite de coco pode ser guardado na geladeira por 24 horas ou pode ser congelado para uso futuro. Para remover a casca do coco, aqueça-o por 15 minutos no forno, a 180°C. Bata levemente com um martelo, remova a casca e tire a pele marrom. O sabor intenso dos pedaços de coco é liberado quando ele é tostado. Espalhe os pedaços do coco uniformemente em uma forma de assar e leve ao forno pré-aquecido a 180°C por 8 a 10 minutos. Guarde as sobras do coco em um recipiente hermético por até uma semana na geladeira ou por até 6 meses no congelador.
  • O kiwi possui uma casca marrom repleta de micropêlos que recobre uma polpa cor de esmeralda que geralmente é descrita como uma combinação de melão, abacaxi e morango. Toda salpicada de sementes pretas comestíveis, as fatias de kiwi adicionadas a qualquer receita dão um aspecto alegre. O kiwi precisa estar maduro para ter o sabor doce e ácido completo. Para amadurecer a fruta em casa, coloque-a num saco plástico junto com uma maçã e deixe em temperatura ambiente, até que ele ceda a uma leve pressão feita com a mão. Quando guardar o kiwi maduro na geladeira, coloque-o na gaveta das frutas, longe das outras frutas para não misturar os sabores. Os kiwis contêm uma enzima que não deixa a gelatina endurecer, por isso não os inclua em uma receita que leve gelatina.
  • As mangas variam em tamanho, formato e cor. A polpa amarelo-alaranjada tem um sabor rico e um aroma maravilhoso. Elas precisam estar completamente maduras para serem comidas ou utilizadas em receitas. A casca da maioria das mangas ganha toques de cor vermelha ou amarela à medida que a fruta amadurece. Elas estão no auge quando cedem a uma leve pressão. Deixe-as amadurecer em temperatura ambiente até que estejam macias ao toque, então use ou leve à geladeira por alguns dias.
  • O mamão é uma fruta tropical nativa das Américas. Quando está maduro, normalmente a casca é amarelo escura, a polpa é laranja claro e a textura é suave. O mamão maduro é macio quando pressionado de leve. Deixe a fruta amadurecer em temperatura ambiente até que a casca se torne meio amarela. Assim que estiver maduro, ele pode ser refrigerado. Ele pode ser servido tanto in natura como cozido. O interior do mamão contém muitas sementes pretas comestíveis com um sabor amargo apimentado e podem ser usadas como guarnição ou adicionadas a molhos de saladas. A polpa contém uma enzima chamada papaína, que é um dos ingredientes dos amaciantes de carnes comercializados. Antes de adicionar o mamão à gelatina, é necessário primeiro cozinhá-lo, caso contrário a papaína não deixará a gelatina endurecer.
  • Os abacaxis depois de colhidos não amadurecem mais. Se colhidos com muita antecedência, seu sabor não será muito doce. Escolha a fruta firme, cheia e pesada. Sirva o mais rápido possível ou corte em rodelas ou ao meio e guarde na geladeira, onde pode ficar até uma semana. Se um abacaxi fresco não estiver bem maduro, você pode melhorar o sabor desta forma: prepare-o como sempre, a seguir coloque os pedaços numa panela, cubra com água, adicione açúcar e ferva por alguns minutos. Então escorra a água, deixe esfriar e coloque para gelar na geladeira. Se uma receita pedir gelatina e abacaxi, use ou a fruta em lata ou o abacaxi in natura que tenha sido fervido por cinco minutos. Existe uma enzima no abacaxi in natura que não deixa a gelatina endurecer.
  • A carambola é uma fruta tropical cujo sabor varia do azedo ao doce. O sabor da carambola doce é parecido com a combinação de laranja com abacaxi; o sabor da carambola azeda é muito similar ao sabor do limão. Quando madura, a cor da fruta é amarelo dourado. As carambolas maduras também podem ter manchas marrons.
Então você pensa que já falamos de todas as frutas possíveis? Bem, há mais algumas que não queremos esquecer. Continue lendo para informações sobre groselhas, peras e ruibarbo.
Outras frutas
Algumas frutas não se encaixam em uma categoria lógica, então falaremos aqui sobre elas.
  • Groselha é na verdade o nome de duas frutas diferentes. Uma delas, feita da pequena e escura uva Zante, geralmente é seca e utilizada na culinária. A segunda é uma pequena baga que pode ser preta, vermelha ou branca e é utilizada em compotas, geléias, licores e recheio de tortas.
  • As peras podem ser encontradas o ano todo. Elas não amadurecem na árvore, por isso são duras quando são colhidas. Escolha as frutas firmes e de boa coloração de acordo com a variedade da pera. Em algumas variedades, manchas marrom-avermelhadas na superfície são normais, o que não afeta a qualidade da fruta. Deixe as peras amadurecem em temperatura ambiente até que cedam a uma leve pressão junto ao cabinho. Quando maduras, coloque-as na geladeira imediatamente. Para cozinhar ou assar, use peras firmes e não completamente maduras.
  • O ruibarbo é conhecido também como “planta da torta” porque freqüentemente é utilizado junto com morangos para recheio de tortas. Os talos longos rosas ou vermelhos são muito azedos e precisam ser adoçados com generosa dose de açúcar ou mel. Quando cozinhar o ruibarbo em um molho, tome cuidado para não cozinhá-lo demais e adicione pouca água na panela. Sempre jogue fora as folhas do ruibarbo porque elas contêm ácido oxálico, que é tóxico.
Ao ler este artigo, você descobriu que existe uma fruta para satisfazer cada desejo possível.
Fonte – Publications International, Ltd./ por Editores do Consumer Guide – traduzido por HowStuffWorks Brasil