sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

BOLINHOS ROCAMBOLE


Ingredientes
200g de farinha de trigo integral
2 colheres de chá de manteiga clarificada
1 colher de sopa de coentro fresco picado
3 colheres de chá de açúcar mascavo
1/4 de colher de chá de pimenta-de-caiena moída
1/2 colher de chá de cúrcuma
800ml de água
4 batatas médias
2 colheres de sopa de coco ralado
2 colheres de chá de gergelim
2 colheres de chá de gergelim ralado
2 pimentas verdes picadas
2 colheres de chá de garam massala
Suco de 1 limão
Sal marinho a gosto

Modo de Fazer
      Ferva as batatas, escorra e descasque. Faça um purê e junte 2 colheres de chá de açúcar mascavo, a pimenta verde, o coco ralado e o gergelim ao mesmo
tempo. Acrescente a farinha de trigo integral, 1 colher de chá de açúcar, a pimenta-de-caiena, a manteiga clarificada e a cúrcuma.
      Acrescente água e sove até obter uma massa homogênea e macia. Abra com um rolo, forme um retângulo de espessura fina. Junte o restante dos temperos
ao purê de batatas, misture e espalhar sobre a massa. Enrole como se fosse um rocambole e corte em fatias de 2 cm.
      Frite-as na manteiga clarificada até que doure. Sirva quente.

Barrinha de Vaquinha

 
 

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

CURRY DE COUVE-FLOR E BATATA


Ingredientes
1 couve-flor média lavada e separada em buquês
4 batatas médias descascadas e cortadas em cubos
250 ml de iogurte
Manteiga clarificada para fritura
2 colheres de sopa de manteiga clarificada
1 colher de chá de cúrcuma
1 colher de chá de sementes de cominho
1 colher de chá de coentro moído
1 pitada de assa-fétida
1/4 de colher de pimenta-malagueta amassada
1 colher de chá de sal marinho

Modo de Fazer
      Frite as batatas no manteiga clarificada até ficarem douradas e macias. Frite, também, a couve-flor. Numa panela pequena, aqueça a manteiga clarificada
e toste o cominho, depois junte os outros temperos.
      Acrescente o iogurte, o sal, as batatas e a couve-flor fritas, misture e deixe cozinhar por 1 minuto. Sirva com arroz.

Reciclagem de Garrafa Pet Vasos




quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

CANAPÉ


Ingredientes
Queijo de soja
Azeite de oliva
Sal marinho
Vinagre de arroz
Cebolinha
Azeitonas verdes
Salsinha

Modo de Fazer
      Misture os ingredientes acima, na quantidade que julgar adequada, até formar uma pasta da consistência desejada. Sirva em torradinhas, bolacha água-e-sal
e ou salgadas.

Px - Barco


terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

FLAN


Ingredientes
1 forma comum de tofu
1 xícara de suco de maçã
1 colher de sopa de sumo de limão
1 colher de café de casca ralada de limão
1 colher de sopa de óleo de gergelim cru
1 barra de baunilha
1 colher de sopa de mel de abelhas
1 pitada de sal marinho

Modo de Fazer
      Bater os ingredientes no liqüidificador até formar uma massa, que deverá ser colocada numa forma untada e levada ao forno até tomar a consistência
de pudim.

Porta Panelas de Fuxico Diferente



 
 

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

DOCE DE BANANA


Ingredientes
30 bananas-ouro bem maduras
3 xícara de chá pronto e sem açúcar
1 colher de sopa de missô
1 colher de sopa e canela em casca picada
12 cravos-da-índia
1 colher de sopa de sementes de erva-doce

Modo de Fazer
      Dissolva o missô no chá frio e acrescente os temperos. Numa panela funda, coloque as bananas descascadas e o missô dissolvido. Cozinhe por 4 horas
em fogo brando ou então por 2 horas em panela de pressão.
      Deixe esfriar. Unte uma forma e disponha as bananas. Leve ao forno por 30 minutos ou até enxugar bem. Depois que esfriar, guarde em vidros na geladeira.

Pintura em tecido Abelhinha Comilona


domingo, 23 de fevereiro de 2014

DOCE DE BANANA SEM AÇÚCAR


Ingredientes
2 kg de banana d'água bem madura
1 colher de sopa de shoio
1/2 colher de café rasa de sal marinho

Modo de Fazer
      Descasque e corte as bananas em pedaços bem pequenos e leve ao fogo brando sem água. Quando a banana começar a soltar água, acrescente o shoio e o
sal e mexa com uma colher de pau até se transformar numa massa uniforme.
      Deixe esfriar e guardar num recipiente de louça ou vidro.

Pintura em Tecido Caquis


Ddecorar sandálias com strass


Veja como fazer um lindo arranjo com fitas para deixar sua sandália super lindinha!
Trouxemos uma dica que pode ser ideal para fazer aquela decoração em seus chinelinhos. Trata-se de algo simples de ser feito por você em casa, basta que você providencie os materiais necessários e mande ver na confecção. O mais legal é que você pode improvisar e customizar da sua maneira. Confira o passo a passo e mãos a obra com o artesanato!
Como decorar sandálias passo a passo
É uma boa sugestão para você criar tanto para você ou então, para comercializar e ganhar um bom dinheiro. Use a criatividade para criar as suas sandalinhas decoradas também!

Materiais

- 1 par de sandálias
- 4 m de fita de tecido colorida
- 2 tiras de strass com 25 cm de comprimento cada
- Cola instantânea
- Tesoura
Materiais para fazer a sandália decorada

Passo a passo

Passo a passo para decorar sandálias
Para começar, pegue a tesoura e solte o pino que prende a alça no chinelo para passar a fita pelo buraquinho. Deixe apenas uma ponta com alguns centímetros.
Decorando sandálias passo a passo
Agora você vai colocar a cola instantânea, mas antes disso, solte ligeiramente o pino de encaixe da alça do chinelo e só então aplique a cola.
Como fazer decoração colorida em sandálias
Com a fita e a cola, você vai envolver o pino e ajustar no chinelo, colocando de novo no lugar que encaixa. Espere o tempo de secagem para a fita fixar bem.
Passo a passo de sandália colorida decorada
Hora de envolver toda a tira utilizando a fita colorida. Trace-a junto com a tira de strass, de forma a fixar usando a cola instantânea. Ao chegar no final da tira, você irá usar novamente a tesoura para passar a fita pelo buraco do chinelo e aplicar a cola instantânea de novo. Envolva um pedaço pequeno de fita no pino e corte o excesso de fita. Por fim é só ajustar o pino no chinelo novamente no lugar e pronto!
Como decorar sandálias passo a passo
Muito legal, né? Espero que tenha curtido! Faça também e decore suas sandálias para que elas fiquem coloridinhas e cheias de estilo. Agora é com você, providencie os materiais necessários e siga em frente com a confecção. Boa sorte nas criações!

sábado, 22 de fevereiro de 2014

GELATINA DE MAÇÃ


Ingredientes
4 maçãs
1 fava média de baunilha
1 barra de gelatina ágar-ágar
2 colheres de chá de fécula de araruta
3 colheres de sopa de uvas passas

Modo de Fazer
      Ferva a baunilha em 4 copos de água por alguns minutos, adicione a maçã cortada em fatias bem finas e sem casca, as passas e a barra de gelatina ágar-ágar
previamente quebrada.
      Depois de cozinhar o suficiente para dissolver um pouco a maçã, acrescente a araruta dissolvida num pouco de água e deixe cozinhar mais 1 minuto.
Despejar numa forma e deixar esfriar.
      Depois de fria, leve à geladeira por 1 hora antes de servir.

Hora da Leitura: Contos dos Irmãos Grimm

Contos dos Irmãos Grimm

Editora: Rocco







Seja por meio de livros ilustrados, desenhos animados ou até de antigos disquinhos coloridos, todo mundo conhece Branca de Neve, Bela Adormecida, Chapeuzinho Vermelho e A Gata Borralheira (hoje mais famosa como Cinderela), só para citar algumas das muitas histórias dos irmãos Grimm. Nem todos, no entanto, sabem da origem e do profundo significado cultural dessas narrativas populares. Talvez seja esse o maior mérito da rica edição de Contos dos irmãos Grimm, que traz 53 histórias acompanhadas de belas ilustrações do mestre vitoriano Arthur Rackham (1867-1939) e apresentadas pelo prefácio da analista junguiana Clarissa Pinkola Estés.
No longo e precioso ensaio A terapia dos Contos, que abre o livro, a Dr.ª. Clarissa Pinkola Estés (autora de Mulheres que correm com os lobos, publicado no Brasil pela Rocco) discorre sobre a história, a moral e o simbolismo das narrativas compiladas pelos Grimm no início do século XIX. Numa época sem rádio, televisão e computador, quando mesmo a escrita era um luxo para poucos, os hoje chamados contos de fadas eram passados de geração para geração de europeus, para serem contados em família, à noite, junto ao fogo. Dependendo do narrador e da audiência, eram histórias em maior ou menor escala carregadas de sexo e violência, escatologia e sátira social.
A frase "... e viveram felizes para sempre" originalmente não se aplicava às irmãs malvadas e invejosas de Cinderela, que tinham seus olhos arrancados por pássaros no final da história. Registradas por escrito pelos irmãos Jacob e Wilhelm Grimm, as narrativas orais ganharam formato definido, contos de fadas de dez páginas com tom educativo para o público infantil, com o qual são conhecidos mundo afora até hoje. A nova edição de Contos dos irmãos Grimm, com seleção e prefácio explicativo da Dr.ª. Clarissa Pinkola Estés resulta num livro obrigatório para os apreciadores do gênero, trazendo os mais belos contos acompanhados de sua história.
Clarissa é analista junguiana, com mais de 20 anos de prática, tendo sido diretora-executiva do C. G. Jung Center, em Denver. Doutora em estudos multiculturais e psicologia clínica pelo The Union Institute, ela é autora premiada por trabalhos como The wild woman archetype, sobre o papel dos instintos da natureza feminina, Warming the stone child, sobre crianças sem mãe, In the house of the ridle mother, sobre os arquétipos recorrentes em sonhos de mulheres e The radiant coat, sobre as fronteiras entre a vida e a morte.
Arthur Rackham é o principal responsável pela concepção visual dos contos de fada, tal como os conhecemos hoje; com um talento ímpar garantiu que seu trabalho fosse reconhecido até hoje. Seu grande conhecimento em anatomia fez com que seus personagens humanos refletissem um verdadeiro aspecto de ossos sob pele. A isso se soma a habilidade de colorista, com profunda percepção de cores intensas, na terminologia contemporânea: escarlate, vermelhão, terra verde, azul ultramarinho. Suas versões de gigantes, ogros, bruxas, reis, rainhas, servos, entre outros personagens, são referência na concepção dos contos de fadas, compreendem uma concepção medieval e simbolizam uma sociedade com diferentes divisões destas que conhecemos hoje. As ilustrações de Rackham são belas obras de arte, são fantasmagóricas, possuem sublimidade, denotam fome, distorção de escala, ofendem a perfeição e ilustram anomalias de todo tipo, abrigam componentes extremamente simbólicos, poética e politicamente antigos. 

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

CHANTILLY DE SOJA


Ingredientes
2 xícaras de leite de soja gelado
2 colheres de sopa de mel puro
1 barra média de baunilha
Óleo de gergelim
1/2 colher de café rasa de sal marinho

Modo de Fazer
      Coloque o leite, o mel, a baunilha e o sal num liqüidificador, bata e vá juntando o óleo lentamente até formar um creme denso. Mantenha na geladeira
para dar mais consistência e sirva com calda de ameixa preta, calda de abacaxi, morangos ou pêssegos.

Jogo Americano


 

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

DOCE DE SEMOLINA


Ingredientes
250g de semolina fina
250g de açúcar mascavo
250g de manteiga
100g de frutas da estação
50g de avelã picada
3/4 de litro de água ou leite de soja

Modo de Fazer
      Ferva a água ou o leite com o açúcar e mantenha em fogo baixo. Numa panela de fundo grosso, derreta a manteiga em fogo baixo, junte a semolina e as
avelãs, doure a semolina por 15 minutos, mexendo constantemente.
      Junte as frutas à água ou ao leite e despeje sobre a semolina, mexendo para não formar pelotas. Retire quando apresentar consistência pastosa.

Maleta com pote de sorvete reciclado

pote de sorvete decorado com tecido

materiais para decoração de pote de sorvete
materiais para decoração de pote de sorvete
Material Necessário
  •  Pote de sorvete
  • Tecido
  •  Fitinha decorativa
  •  Tesoura
  •  Cascola Cascorez Universal
  •  Letras decorativas
  •  Elásticos
  •  Pincel
  •  EVA preto
  •  Boleador ou lápis
  •  Régua
  •  Puxador

Onde comprar pote de sorvete vazio.

No link abaixo, você vai encontrar diversas opções de venda de potes de sorvete vazios online para você fazer suas maletinhas recicladas.

Passo a passo pote de sorvete com tecido

Quem ensina como decorar este pote de sorvete é a artesã Viviane Leitte do Ateliê Maria Flor, em parceria com a Cascola, ela desenvolveu a caixa decorativa que é guardar pequenos objetos.
Acompanhe abaixo, o passo a passo completo:
Aplique Cascola Cascorez Universal em toda a parte externa do pote e cole o tecido.
pote de sorvete decorado
pote de sorvete decorado
pote de sorvete com tecido
pote de sorvete com tecido
Utilize elásticos para segurar o tecido até que a cola seque.
maletinha decorada com pote de sorvete
maletinha decorada com pote de sorvete
2 – Enquanto a cola seca, recorte o EVA preto com a tesoura zigue-zague ou faça o acabamento com a tesoura normal. Faça laços nos cantos e cole as letras decoradas para identificar o que será guardado no pote decorativo.
como cortar moldes de eva
como cortar moldes de eva
como cortar EVA
como cortar EVA
Faça furos ao longo de todo o recorte e passe a fita decorativa dourada.
como decorar eva com fitas
como decorar eva com fitas
Passe Cascola Cascorez Universal na tampa e aplique o pedaço do tecido, que cobrirá.
como decorar pote de sorvete
como decorar pote de sorvete
como decorar tampa com tecido
como decorar tampa com tecido
Faça um furo no centro do pote, de dentro para fora, e instale o puxador.
tampa de pote de sorvete
tampa de pote de sorvete
como decorar tampa de pote de sorvete
como decorar tampa de pote de sorvete
E está pronta sua maleta com pote de sorvete, para organizar seus objetos, maquiagem, seus artesanatos o que quiser.
maleta de pote de sorvete
maleta de pote de sorvete
Fonte: Baú de ideias

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

DOCE DE GRÃO-DE-BICO


Ingredientes
200g de farinha de grão-de-bico
200g de açúcar mascavo
100g de manteiga
50g de castanha de caju picadas
1 colher de sopa de coco ralado
50ml de leite de soja
50ml de água

Modo de Fazer
      Derreta a manteiga, junte a farinha de grão-de-bico e as castanhas de caju e mexa até dourar, retirando em seguida.
      Ferva o leite com a água e junte o açúcar e um pouquinho de manteiga. Cozinhe em fogo médio até obter uma calda em ponto de fio.
      Despeje a farinha de grão-de-bico tostada e misture bem, deixando cozinhar em fogo baixo até ficar bem espessa. Retire e despeje sobre uma forma untada
com manteiga.
      Toste o coco ralado e espalhe sobre a mistura. Após esfriar, corte em quadrados

Px - Flores e Bichinhos